Jornal Correio do Estado - O Jornal que todo Mundo lê

Notícias - Segurança

ES contabiliza mais uma tragédia envolvendo carga de granito

11 de Setembro de 2017 Autor:

ES contabiliza mais uma tragédia envolvendo carga de granito

A viagem de volta para casa terminou de forma trágica para 11 integrantes de um grupo de dança alemã do Espírito Santo. Uma carreta que transportava placas de granito se chocou com um micro-ônibus onde eles estavam, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF). O acidente aconteceu por volta das 14h30 desse domingo (10), na BR-101, no km 490, em Mimoso do Sul.

De acordo com a PRF, no local da batida existem duas faixas sentido Rio de Janeiro e uma no sentido Vitória. A carreta estava passando outro veículo, um Ford Ka, em direção ao Rio, quando perdeu o controle, invadiu a contra mão e colidiu com o micro-ônibus que vinha em sentido contrário.

O micro-ônibus, após ser atingido, também invadiu a contra mão e bateu em uma carreta abastecida de cerveja, vindo os dois a incendiar. O Ford Ka, em seguida, bateu nos pedaços de granito espalhados na via.

Corpos de vítimas de tragédia são reconhecidos e liberados do DML de Vitória

Três corpos das vítimas da tragédia da BR-101, em Mimoso do Sul, no Espírito Santo, foram reconhecidos e liberados pelo Departamento Médico Legal (DML) de Vitória, nessa segunda-feira (11). Outros oito corpos ainda vão passar por exame de DNA, segundo a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp).

O resultado dos exames deve sair em 30 dias e a investigação vai ficar por conta da Delegacia de Mimoso do Sul.

O superintendente de Polícia Técnico Científica do Espírito Santo, Danilo Bahiense, informou que os corpos liberados são do professor Aloísio Endlich, 27 anos, da estudante Karini Santa Wetter, 16 anos, e de Nandeiara Martins Kilper, 17 anos.

Segundo o superintendente, os corpos estavam desconfigurados, por isso, o reconhecimento foi feito por meio da perícia papiloscópica, que é quando as digitais das vítimas são comparadas com as do banco de dados da Polícia Civil.

O corpo da estudante Karini vai ser velado na cidade de Galileia (MG) e o de Nandeiara na cidade de Manhuaçu (MG), de acordo com o delegado. 

Liberação dos corpos

Familiares das vítimas já procuraram o DML com o raio-x da arcada dentária de alguns dos mortos na tragédia. O delegado informa ainda que os que não possuem imagem da arcada dentária, o reconhecimento só será possível de ser feito com o exame de DNA.

 

Danilo Bahiense informou ainda que acredita que nesta terça-feira (12) vai ser possível a liberação de mais alguns corpos.

Hartung vai discutir com Temer duplicação da BR 101

Buscando solucionar os impasses na duplicação da BR 101, o governador Paulo Hartung conversou com o presidente da República, Michel Temer, na manhã desta segunda-feira (11). Na oportunidade, ficou acertado uma agenda entre o governador e o presidente. Hartung também enviará oficio à presidência para protocolar pleito. O encontro entre Temer e Hartung ocorrerá nos próximos dias.

Recentemente, Hartung solicitou atuação técnica da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) para tratar do contrato em vigor entre a Eco101 e a União após posicionamento público assumido pela concessionária de que não fará a duplicação da BR. Apesar de ser um contrato da Eco 101 com a União, representada pela ANTT, Hartung ressalta que, como governador, também tem o papel de buscar uma solução, para que os capixabas não sejam prejudicados.

 “É inaceitável que num prazo de 80 dias duas tragédias tenham acontecido com tantas vítimas fatais numa mesma estrada do Espírito Santo”, explica o governador Paulo Hartung, após telefonema ao presidente.

O governador também cobra mais segurança junto ao setor de rochas. Recentemente, durante a abertura oficial da 44ª edição da Cachoeiro Stone Fair e na visita do então presidente da república em exercício, Rodrigo Maia, o governador Paulo Hartung cobrou publicamente ao setor de rochas para avançar em relação à segurança no transporte de rochas e pedras. Hartung acredita que o setor está em franco crescimento no Estado, com importantes avanços na área social, na área trabalhista e na relação com o meio ambiente, porém deixa a desejar no transporte. “Esse setor já cresceu e desenvolveu muito e agora tem que avançar na segurança do transporte de sua carga. Esse é um papel importante”, destacou o governador.

Impasse

A concessionária argumenta que entre os motivos para a interrupção das obras de duplicação na Rodovia estão a falta de recurso, por não ter recebido o repasse total prometido pelo Governo Federal, por meio do Banco Nacional de Desenvolvimento Social (BNDES); as questões ambientais e a morosidade em relação a desapropriações. Segundo o governador, um levantamento feito pela Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias (ABCR) mostrou que R$ 30,5 bilhões de investimentos em estradas estão paralisados em todo o Brasil, e ele não quer que isso ocorra também no Espírito Santo.

 

“Se há problemas na relação contratual, as questões devem ser passadas a limpo. Não ignoramos o que está sendo alegado pela concessionária, mas um contrato não pode ser quebrado desta maneira. Temos que ter segurança jurídica”, ressaltou o governador, destacando ainda a posição estratégica do Espírito Santo e a importância da BR 101 não só para o desenvolvimento do estado, mas, também, para o Brasil. "Por essa via trafegam pessoas do país inteiro e milhares de mercadorias são transportadas diariamente. O Espírito Santo é uma importante ligação entre o Sudeste e o Nordeste. Aposto no diálogo para que sejam tomadas as medidas necessárias para a continuidade da duplicação da BR 101. Infraestrutura é oxigênio para a competitividade”, disse Hartung em recente entrevista coletiva de imprensa.

Com informações dos portais Estadão e G1/ES 

FOTO: Carreta colidiu com micro-ônibus na BR-101, na altura de Mimoso do Sul (ES), matando 11 dançarinos (Créditos: Divulgação/PRF)



    Comentários (0) Enviar Comentário