Jornal Correio do Estado - O Jornal que todo Mundo lê

Notícias - Saúde

Linhares vai passar a oferecer radioterapia para tratamento de câncer

17 de Outubro de 2017 Autor: Redação CE

Linhares vai passar a oferecer radioterapia para tratamento de câncer

Linhares é um dos três municípios capixabas que vão receber equipamentos de radioterapia do Ministério da Saúde para tratamento de câncer. A informação foi repassada pelo deputado federal Lelo Coimbra (PMDB), que recebeu essa garantia do próprio ministro da saúde, Ricardo Barros. Além de Linhares, Colatina e Vitória passam a integrar a lista das 100 cidades do país que vão receber os aparelhos.

Atualmente, o Centro de Oncologia de Linhares, anexo ao Hospital Rio Doce, realiza sessões de quimioterapia e pode vir a ser a unidade beneficiada com os equipamentos – embora essa informação não tenha sido confirmada pelo hospital e pelo deputado. “Em Linhares, ainda não tenho os detalhes sobre onde o aparelho será instalado. O mais importante foi ter a garantia do ministro de que o Estado vai receber esses três aparelhos”, disse Lelo. 

Para o deputado federal, essa é uma conquista importante que garantirá a descentralização e ampliação do serviço de radioterapia no Espírito Santo, além de promover um atendimento mais humanizado. “Vamos buscar garantir que os aparelhos cheguem o mais rápido possível às cidades capixabas. Mas ainda não há previsões”, completou.

Em Colatina, o aparelho de radioterapia será disponibilizado para o Hospital São José, que já atende pacientes da região que lutam contra o câncer. Na Capital, o equipamento deve ser destinado ao Hospital Santa Casa de Misericórdia de Vitória, que também oferece serviço de oncologia.

A distribuição dos equipamentos integra o Plano de Expansão dos Serviços de Radioterapia. Os aparelhos serão produzidos no próprio Brasil, possibilitando assim a redução dos custos, principalmente de manutenção, já que o governo importa os equipamentos.

Além dos linharenses, pacientes de Rio Bananal, Sooretama, João Neiva, Ibiraçu e de outras cidades do norte do Estado poderão ser beneficiados com os serviços de radioterapia. 

Radioterapia

A radioterapia é um método capaz de destruir células tumorais, empregando feixe de radiações ionizantes. Uma dose pré-calculada de radiação é aplicada, em um determinado tempo, a um volume de tecido do corpo que engloba o tumor, buscando erradicar todas as células tumorais, com o menor dano possível às células normais circunvizinhas.

Como a radioterapia é um método de tratamento local e/ou regional, pode ser indicada de forma exclusiva ou associada aos outros métodos terapêuticos. Em combinação com a cirurgia, poderá ser pré, per ou pós-operatória. Também pode ser indicada antes, durante ou logo após a quimioterapia.

A radioterapia pode ser radical (ou curativa), quando se busca a cura total do tumor; remissiva, quando o objetivo é apenas a redução tumoral; profilática, quando se trata a doença em fase subclínica, isto é, não há volume tumoral presente, mas possíveis células neoplásicas dispersas; paliativa, quando se busca a remissão de sintomas tais como dor intensa, sangramento e compressão de órgãos; e ablativa, quando se administra a radiação para suprimir a função de um órgão, como, por exemplo, o ovário, para se obter a castração actínica.

Com informações do Inca

FOTO:

Aparelho utilizado na radioterapia e que deve chegar a Linhares será produzido no Brasil (Foto: Reprodução/ Fundação do Câncer)

 

 

 



    Comentários (0) Enviar Comentário