Jornal Correio do Estado - O Jornal que todo Mundo lê

Notícias - Polícia

Traficante usa nome falso para tentar enganar polícia

10 de Novembro de 2017 Autor: Gazeta Online

Traficante usa nome falso para tentar enganar polícia

A polícia prendeu um traficante que tentou enganar os militares usando um nome falso durante uma abordagem, na noite de quinta-feira (9), em Linhares. Os militares avistaram dois indivíduos no bairro Santa Cruz, que, ao perceberem a aproximação da guarnição, demonstraram nervosismo e tentaram mudar de direção.

Durante a abordagem, um dos indivíduos se identificou como Marcos. Com ele foi encontrada uma chave de veículo, um documento de licenciamento de um automóvel e a quantia de R$ 800 em espécie. Ao ser questionado sobre a procedência de tal valor, demonstrou nervosismo e entrou em contradição.

Questionado pela polícia, ele informou que morava em outro bairro e estava a pé no local com seu colega, visitando sua antiga residência, o que levantou ainda mais as suspeitas dos militares.

Os policiais perceberam que o documento de licenciamento tratava-se de um veículo que estava estacionado próximo da abordagem da dupla. Durante a busca no interior do carro, foi encontrado embaixo do banco do motorista, um revólver calibre 38 carregado com seis munições intactas, que os suspeitos disseram que não pertencia a eles.

Os militares foram até a residência informada por um dos acusados, a fim de buscar seus documentos pessoais, mas ao chegarem no local, foi constatado que ele estava tentando enganar os policiais.

Perguntado novamente sobre o verdadeiro endereço, ele informou que residia no bairro Canivete, ao lado de uma fábrica de móveis.

Os policiais então, se deslocaram até o bairro e foram recebidos por uma mulher de 19 anos, que informou ser a esposa do acusado e permitiu a entrada na residência.

Ao conferir o documento de identidade do detido no local, foi constatado que ele se chamava Adilson S. M., de 34 anos e não Marcos como havia informado.

Em um quarto na residência do casal, foi encontrado dentro de uma caixa, duas balanças de precisão, grande quantidade de pinos vazios, usados para o armazenamento de cocaína, 11 buchas de maconha, um papelote de cocaína, duas cadernetas com várias anotações de movimentação da venda de entorpecentes e a quantia de R$ 164 em espécie.

Os militares foram informados, através de denúncias anônimas, que Adilson comandava o tráfico na região, e o colega seria um de seus comparsas, responsável por movimentar o tráfico no ponto conhecido por “BDM”.

Diante dos fatos, os policiais conduziram os dois acusados à 16ª Delegacia Regional de Linhares, juntamente com o material apreendido e o automóvel.

Adilson foi autuado por tráfico de drogas e porte ilegal de arma e em seguida, encaminhado para o Centro de Detenção Provisória de Linhares. Já o colega foi ouvido e liberado. 

 

FOTO: REPRODUÇÃO/GAZETA ONLINE 



    Comentários (0) Enviar Comentário