Jornal Correio do Estado - O Jornal que todo Mundo lê

Notícias - Mercado de Trabalho

Aracruz é líder na geração de empregos no ES

16 de Agosto de 2017 Autor: Redação CE

Aracruz é líder na geração de empregos no ES

Das 3.615 vagas de empregos criadas no Espírito Santo de janeiro a julho deste ano, 1.033 foram geradas no município de Aracruz, conforme revelam os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho. A cidade, localizada no norte do Estado, é a que mais se destaca na abertura de novas oportunidades no mercado de trabalho capixaba.  

De acordo com a secretária de Desenvolvimento Social e Trabalho de Aracruz, Rosilene Filipe dos Santos, a maior parte das vagas abertas no município foi gerada pelas empreiteiras instaladas na região, que prestam serviços para as empresas de grande porte. A secretária informou que uma dessas companhias tem a pretensão de, nos próximos anos, mais que dobrar a quantidade de postos de trabalho.

Ainda segundo a secretária, a inserção do município de Aracruz na região de incentivos fiscais da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene) deverá atrair mais empresas para a cidade, gerando emprego e renda na indústria e aquecendo o comércio, o varejo e demais setores que, por consequência, também poderão abrir novos postos de trabalho.

Questionada sobre os atrativos que Aracruz já oferece aos investidores, Rosilene ressalta que, além de uma localização privilegiada, o município conta com um porto rentável – e que deverá ser ampliado a partir do próximo ano. A previsão da Companhia Docas do Espírito Santo (Codesa) é que sejam gerados 3.600 empregos diretos e 14.000 indiretos na fase de obras dessa ampliação. No futuro, o porto poderá receber navios de até 400 metros, considerados de grande porte. 

Mercado de trabalho no Espírito Santo mostra tendência de recuperação

Apesar de ter fechado 1.841 postos de trabalho no mês de julho, por conta do fim do período da colheita agrícola, as 3.615 vagas criadas nos sete primeiros meses deste ano apontam que as empresas do Espírito Santo estão retomando o ritmo de contratações. “Ainda é cedo para dizer que existe uma recuperação, mas percebemos uma situação mais favorável. Entre janeiro e julho de 2016, foram 19 mil empregos perdidos. O cenário está melhor agora”, analisa Victor Toscano, especialista em estudos e pesquisas governamentais da Secretaria de Trabalho, Assistência e Desenvolvimento Social (Setades).

A velocidade da retomada, no entanto, segundo o especialista, vai depender da agilidade em que ocorrerá a volta do crescimento da atividade econômica. “Há sinais de melhora na indústria, por exemplo. Quando comparamos junho de 2017 com junho de 2016 podemos ver uma expansão de 10% na produção. No ano, o acumulado é de 4,5%. Isso reflete em empregos”, acrescenta Toscano.

Além de Aracruz, as cidades de Linhares, Itapemirim, São Mateus, Colatina, Santa Maria de Jetibá, Castelo, Viana e Barra de São Francisco apresentam saldos positivos de geração de emprego neste ano. 

 

Com informações da Gazeta Online

FOTO: Potencial de empregabilidade do município de Aracruz deve aumentar ainda mais com a ampliação do porto (Foto: Reprodução)



    Comentários (0) Enviar Comentário