Jornal Correio do Estado - O Jornal que todo Mundo lê

Notícias - Meio Ambiente

Em Linhares, alunos da rede municipal plantam 200 árvores para recuperar nascente em área de preservação

10 de Junho de 2017 Autor:

Em Linhares, alunos da rede municipal plantam 200 árvores para recuperar nascente em área de preservação

Com a presença do prefeito Guerino Zanon e do secretário municipal de Meio Ambiente, Lucas Scaramussa, 200 estudantes aprovaram a iniciativa 

Crianças e adolescentes do Centro de Educação Infantil Municipal Amigos do Saber e da Escola Municipal de Ensino Fundamental Caboclo Bernardo tiveram um dia de consciência ambiental às margens de uma Área de Preservação Permanente (APP), no bairro Planalto, em Linhares. Eles plantaram 200 mudas de árvores para a recuperação de uma nascente na área de preservação. A ação foi acompanhada pelo prefeito Guerino Zanon, pelo secretário de Meio Ambiente, Lucas Scaramussa, pela secretária de Educação, Maria Olímpia Dalvi Rampinelli, e pelos professores das unidades de ensino e da equipe de profissionais da Secretaria de Meio Ambiente (Semam).

A garotada ficou super feliz com a ação ambiental e plantaram árvores à vontade. O plantio faz parte do projeto “Linhares Mais Verde”, lançado na última segunda-feira (5) dentro da Semana do Meio Ambiente. As mudas são espécies nativas do bioma da mata atlântica, que vão ajudar a reflorestar as margens dos rios e arborizar áreas urbanas e rurais, alinhado ao projeto de reflorestamento do Plano Diretor de Áreas Verdes de Linhares. Na oportunidade foram plantadas uma variedade de ipês.

O prefeito Guerino Zanon destacou o objetivo da ação. "É uma importante ferramenta de mobilização social e, também, um instrumento para fomentar atividades que promovam ações relacionadas às questões ambientais, de conservação e preservação, procurando melhorar a qualidade de vida da população e, acima de tudo, a recuperação de áreas de preservação, degradadas e das nascentes existentes na área urbana do município", disse.

A estudante Yasmin dos Santos de Faria, da Escola Caboclo Bernardo, adorou a iniciativa da Semam. "Gostei muito hoje. Foi muito interessante a gente plantando árvores aqui. É importante para o meio ambiente. Eu nunca tinha plantado árvores. Mas a partir de agora vou me interessar mais pelo assunto. Na escola a gente aprende que água é vida e aqui colocamos em prática esta conscientização", frisou. 

 

Para o secretário de Meio Ambiente, Lucas Scaramussa, as crianças possuem facilidade em assimilar e divulgar o que foi ensinado. Ele acredita que a consciência ambiental deve começar desde cedo. "O despertar da consciência vem da prática. Se a criança ficar somente na teoria, ela não tomará gosto e não enxergará a importância da ação. Já no trabalho de campo, ele estará presenciando tudo, ela sentirá os sons, o cheiro e os sentidos ficarão mais aguçados. E irão disseminar a sustentabilidade em casa e com os amigos", disse.



    Comentários (0) Enviar Comentário