Jornal Correio do Estado - O Jornal que todo Mundo lê

Notícias - Meio Ambiente

Apesar da estiagem, Linhares não corre risco de racionamento de água, afirma Saae

25 de Setembro de 2017 Autor: Tatiane Serafim

Apesar da estiagem, Linhares não corre risco de racionamento de água, afirma Saae

Com a baixa intensidade de chuvas durante o período do inverno, que terminou na última sexta-feira (22), alguns municípios do Espírito Santo voltam a ficar sob alerta com relação ao abastecimento de água. Um deles é Colatina. Por lá muitos pontos do Rio Doce estão com bancos de areia e as bombas de captação têm sido trocadas de lugar com frequência para que a população não fique sem água. Já em Linhares a situação é mais tranquila, pois a captação é feita no Rio São José, cuja água está represada e conta com outro ponto de captação. Porém, a orientação para não desperdiçar água ainda continua na cidade.

Segundo Zércio Largura, diretor de operações e Obras do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) o nível do Rio São José, conhecido como Rio Pequeno, está normal. O manancial é o principal ponto de captação de água para o abastecimento da cidade. Nele, são extraídos, em média, 400 litros por segundo. “Além disso, o município de Linhares ainda conta com um segundo ponto de captação que está localizado na Lagoa Nova, com 50% da capacidade do Rio Pequeno e será acionado quando houver necessidade”, disse Largura.

O diretor de operações do Saae, contou que uma equipe da autarquia está monitorando o nível de água do ponto principal de captação para antecipar qualquer necessidade de racionamento.

Mas, apesar de Linhares não correr risco no momento, Zércio Largura pede que a população mantenha os hábitos de uso racional da água. “É sempre bom pedir que as pessoas economizem água, principalmente, num período de estiagem como este”, ressalta. 

Previsão

Com a chegada da primavera, que vai até o dia 21 de dezembro, aumenta-se um pouco mais o índice pluviométrico em todo o país, porém, dados do Sistema de Informações Meteorológicas do Incaper ainda não confirmam alterações além do que, normalmente, já é previsto para esta estação do ano. 

FOTO: Linhares ainda conta com um segundo ponto de captação que está localizado na Lagoa Nova, com 50% da capacidade do Rio Pequeno (foto: Reprodução/Site de Linhares)



    Comentários (0) Enviar Comentário