Jornal Correio do Estado - O Jornal que todo Mundo lê

Notícias - Lazer e Entretenimento

“Cadê ela?”: Estudante da Escola Viva de São Mateus cria roteiro para um longa metragem

12 de Junho de 2017 Autor:

“Cadê ela?”: Estudante da Escola Viva de São Mateus cria roteiro para um longa metragem

Quatro amigos do Estado da Bahia, que ao terminam o ensino médio são convidados por uma menina misteriosa para participar do Festival de Itaúnas, no Espírito Santo. Assim começa o resumo do longa-metragem “Cadê ela?”, escrito pelo estudante Alessandro Santos da Silva Machado, do 8º ano do Ensino Fundamental do Centro Estadual de Ensino Fundamental e Médio em Tempo Integral Maria Motta Santos, unidade da Escola Viva de São Mateus.

A ideia do longa-metragem surgiu a partir do sonho do aluno em estudar Artes Cênicas. Desde pequeno, o estudante sempre teve vontade de participar de um filme, porém não como diretor ou roteirista, mas sim, como ator. O jovem conta que ao começar a trabalhar em um estúdio fotográfico, seu amor pelas câmeras aumentou e transformou-se em interesse pela área de áudio visual.

“Passei a conhecer não só câmeras fotográficas, mas também filmadoras. Certo dia eu acordei inspirado e aí comecei escrever o longa. Foi na verdade uma ideia meio maluca minha, mas que decidi arriscar. Então criei o roteiro”, explicou.

De acordo com o jovem, para escrever um bom roteiro é necessária muita leitura, além de pesquisas aprofundadas sobre a temática. “Meu longa fala sobre quatro amigos adolescentes que estão terminando o ensino médio e ingressando no ensino superior. Baseei essa história no que nós alunos vivemos. Claro que algumas partes não passam de ficção”, afirmou.

 

Alessandro diz que a Escola Viva tem colaborado com seu roteiro. “Os professores me ajudam bastante com relação às correções do texto, e me incentivam muito a correr atrás do que eu quero. Ainda não dei início às gravações, mas estou à procura de festivais de cinema para conseguir conquistar meu sonho”, finalizou.

FOTO: Alessandro Santos da Silva Machado, estudante do 8º ano do Ensino Fundamental, da unidade da Escola Viva de São Mateus (Divulgação Sedu)



    Comentários (0) Enviar Comentário