Jornal Correio do Estado - O Jornal que todo Mundo lê

Notícias - Geral

Escritor de Sooretama terá livro distribuído em bibliotecas de escolas do município

16 de Novembro de 2017 Autor: Redação CE

Escritor de Sooretama terá livro distribuído em bibliotecas de escolas do município

Novidade foi anunciada pelo prefeito Alessandro Broedel. Obra estará disponível na rede pública de ensino. 

As escolas da rede pública de ensino de Sooretama, tanto a nível municipal quanto a nível estadual, vão receber em suas bibliotecas exemplares do livro “Martyn, o detetive e o sumiço dos encrenqueiros”, de autoria do jovem morador da cidade, Marcelo Felix. A novidade foi anunciada pelo prefeito Alessandro Broedel numa reunião com os diretores das instituições de ensino, realizada na manhã de terça-feira (14), nas dependências da escola Professor Alberto Stange Júnior.

Durante a reunião, o autor pôde contar aos diretores sua experiência em escrever um livro, cuja história se passa no município de Sooretama. Ele também destacou sua trajetória com a seguinte afirmação: “Eu tinha uma história, um sonho e uma bicicleta”. Marcelo lutou para publicar o livro, saindo de casa em casa para realizar as vendas, sempre montado em sua bicicleta. Com o dinheiro arrecadado e a ajuda de amigos, o jovem conseguiu financiar a realização de seu sonho.

Também na reunião, o prefeito Alessandro destacou a importância de incentivar a leitura e a boa escrita entre os alunos, a fim de que novos autores possam surgir inspirados na experiência de vida do Marcelo. 

Em entrevista ao jornal Correio do Estado, o jovem Marcelo Felix fala da emoção de ver o livro distribuído nas escolas de sua cidade e comenta os desafios do ofício de escritor 

Jornal CE: Qual é o enredo do seu livro “Martyn, o detetive e o sumiço dos encrenqueiros”? 

Marcelo: Martyn é um garoto de quase 15 anos que mora somente com a mãe, Luciele, e seu bichinho de estimação, Sherlock Hamster. Ele e seu inseparável e dramático amigo Kleber estão prestes a entrar no tão sonhado colégio Darwin, um lugar ótimo para estudar, se não fosse pelos terríveis grupos de encrenqueiros. Entretanto, tudo isso muda quando um sequestrador misterioso resolve fazer justiça com as próprias mãos. Por coincidência ou não, Martyn acaba sendo o maior suspeito diante dos desaparecimentos. Por isso, junto de Kleber, resolve começar a investigar o sumiço desses encrenqueiros para encontrá-los e limpar seu nome de uma vez por todas. 

Jornal CE: Essa é a sua primeira obra ou você já escreveu outros livros? 

Marcelo: Eu também tenho outros quatro livros escritos, entre eles, um infantil. Porém, este é o meu primeiro romance publicado. 

Jornal CE: E quando surgiu a vocação para a escrita? 

Marcelo: Sempre adorei criar histórias. Na minha infância fazia revistas em quadrinhos inventando histórias e personagens. Depois de um tempo, talvez, pouco antes de 2007, troquei o desenho pela escrita e logo nasceu Martyn o detetive, ainda num esboço bem diferente do que é hoje em dia. 

Jornal CE: Como você recebeu a notícia que seu livro seria distribuído nas escolas de Sooretama?

Marcelo: Na verdade, eu mesmo tive o desejo de distribuí-lo nas escolas do município. Por isso, uma continuação do meu sonho é que todos os alunos possam se encantar com a história e adquirir o prazer pela leitura (e não o hábito). Com isso em mente, entrei em contato com o prefeito e juntos conseguimos mobilizar a iniciativa privada para adquirir os livros. E agora eles estão magicamente esperando os alunos em todas as escolas para uma aventura emocionante. 

Jornal CE: Como foi a experiência de sair, de casa em casa, vendendo exemplares do livro para poder lançá-lo? 

Marcelo: Foi realmente um grande aprendizado. No início me assustou um pouco por causa do valor do orçamento pedido pela editora. Então comecei uma pré-venda, ainda com dificuldade, pois era difícil vender sem a capa do livro, uma vez que a capa somente seria confeccionada depois que pagasse uma parcela. Outro obstáculo também era que ninguém nunca tinha lido nada que escrevi. Todos que me ajudaram foram motivados, simplesmente, porque acreditavam num sonho de um jovem e isso já era tudo que eu precisava. Então fiz uma lista de 200 possíveis compradores e saí a fim de preencher uma lista de pré-venda e realizar meu sonho. Bom, acho que deu certo, né? 

 Jornal CE: E quais são os seus planos para o futuro? Pretende seguir na carreira de escritor? 

Marcelo: Agora estou escrevendo o segundo volume da serie “Martyn o Detetive”, e em paralelo estou fazendo alguns contos para um livro futuro, sem contar numa surpresa que estou preparando para um público mais infantil. Sem dúvida, pretendo seguir a carreira, afinal, eu não escolhi ser escritor; acho que foram as palavras que me escolheram.  

Jornal CE: Pode falar um pouco sobre você? Nasceu em Sooretama? Quantos anos você tem? Estuda, trabalha...? 

Marcelo: Meu nome é Marcelo Felix, nasci no Córrego Farias, um pequeno distrito do município de Linhares, em 13 de abril de 1993. Sou o sétimo de oito filhos de Reinaldo Felix e Maria Helena Amaro. Vim de uma família simples, financeiramente, mas nunca amorosamente, falando. Sempre nos mantemos unidos, principalmente com o falecimento de uma de minhas irmãs em 2010, a Ana. Quanto à escolaridade, terminei o ensino médio e atualmente trabalho em uma instituição que ajuda a cuidar de crianças e adolescentes do município de Sooretama, o CEAMI. Gosto muito de estar rodeado de amigos, de desenhar, e sou apaixonado por viajar por mundos diferentes e criar os meus próprios. Acho que sou um grande apreciador de boa arte (livros em especial). 

Jornal CE: Como as pessoas podem comprar o livro “Martyn o Detetive”? 

Marcelo: O livro físico está disponível na minha fanpage/facebook: Marcelo Felix Writer, no site da editora http://www.livrariadalura.com.br  (que a propósito está em promoção e frete grátis para todo país) e na banca da Sandra, que fica na Praça da Bíblia,  no Centro de Sooretama. O valor é R$35,00 (menos na livraria da editora).

O livro também é vendido em formato digital (ebook), em todas as livrarias nacionais e algumas internacionais também (Amazon, Rakuten Kobo, Bertrand Livreiros, Barnes e Noble, Livraria Cultura, Apple Store, Saraiva, Zoom e Wook).     

FOTO:

O Prefeito de Sooretama espera que outros jovens possam se inspirar com a experiência de Marcelo Felix (Foto: Divulgação/PMS)



    Comentários (0) Enviar Comentário