Jornal Correio do Estado - O Jornal que todo Mundo lê

Notícias - Geral

De volta ao Mapa do Turismo, Sooretama passa a pleitear recursos do Governo Federal

02 de Outubro de 2017 Autor: Caroline Pereira

De volta ao Mapa do Turismo, Sooretama passa a pleitear recursos do Governo Federal

Fora do Mapa do Turismo desde 2013, o município de Sooretama passou a figurar novamente na lista há menos de um mês, quando o Ministério do Turismo (MTur) divulgou os nomes dos 62 municípios capixabas que possuem aptidão para entrar na rota de viajantes e receber investimentos direcionados para o setor.

Juntamente com Aracruz, Conceição da Barra, Linhares, Rio Bananal e São Mateus, Sooretama foi reinserida na Região do Verde e das Águas, algo que promete gerar uma maior valorização do município – tanto por parte dos turistas quanto dos próprios moradores – e ainda colaborar para o desenvolvimento da região, conforme sugere o secretário municipal de Turismo, Cultura, Esporte e Lazer, Cleidson Carminati.

“Desde o início, a gestão do prefeito Alessandro Broedel tem demonstrado grande interesse na valorização do povo e da cultura sooretamense. Acreditamos nas potencialidades do município e cremos que ele pode ser visto com outros olhos”, afirma. “Com o turismo aquecido, novos estabelecimentos (hotéis, pousadas, restaurantes) serão instalados, aumentando consideravelmente a arrecadação municipal, que será investida de maneira correta e beneficiará outros setores, como saúde e educação”, completa. 

Investimentos e ações

Para voltar a fazer parte do Mapa do Turismo, o município de Sooretama, por meio da pasta que está sob o comando de Carminati, precisou encaminhar alguns documentos específicos para a avaliação do MTur, algo que não foi feito pela gestão anterior. Agora, para se manter no mapa (atualizado a cada dois anos), pleitear recursos do Governo Federal e colher os benefícios anteriormente citados, o secretário e sua equipe devem participar de eventos, formações estaduais e especificamente, de encontros promovidos pelos municípios da Região do Verde e das Águas, para fins de planejamento. “Vamos também buscar parcerias com a iniciativa privada, apoiando e valorizando ações que contribuam para o desenvolvimento do turismo no município”, ressalta Carminati.

Questionado sobre o que já tem sido feito para impulsionar as atividades do setor, o secretário diz que está atento aos cronogramas estaduais relacionados ao turismo. “Na semana passada, participamos de uma reunião para organizar um dos eventos da virada turística estadual que irá acontecer aqui na região. Estamos fazendo o rastreamento e o cadastro de pontos turísticos e estabelecimentos de infraestrutura que contribuem nesse processo, como bares, restaurantes, hotéis e pousadas”, relata. 

Pontos turísticos

Para receber os turistas novos e frequentes, Carminatti destaca que no território de Sooretama está o único balneário público da Lagoa Juparanã, localizado no Patrimônio da Lagoa, na comunidade de São Rafael. Além disso, ele lembra que quase 50% da área da cidade é coberta pela Mata Atlântica, tendo a Reserva Biológica de Sooretama como referência. “A própria Reserva da Vale, pertencente ao município de Linhares, faz com que os visitantes passem por Sooretama para ter acesso à sua entrada, o que também ocasiona um fluxo interessante de turistas por aqui”, afirma.

Mesmo assim, o município ainda possui outros atrativos que precisam ser mais explorados, como, por exemplo, o agroturismo e até mesmo o turismo científico. “Nosso município é essencialmente agrícola. Por isso, temos um grande potencial para o agroturismo. Por abrigarmos parte da Mata Atlântica, temos também um enorme potencial para a prática de esportes radicais e turismo de aventura, sem contar o turismo científico por conta da Reserva Biológica de Sooretama”, conclui.

FOTO: Área do Patrimônio da Lagoa, um dos principais pontos turísticos de Sooretama (Foto: Rosana Silva/ Jornal Barato)



    Comentários (0) Enviar Comentário