Jornal Correio do Estado - O Jornal que todo Mundo lê

Notícias - Estado

Saneamento: Caixa vai investir R$ 1,2 bilhão no ES

09 de Outubro de 2017 Autor:

Saneamento: Caixa vai investir R$ 1,2 bilhão no ES

Presidente do banco anunciou projetos em parceria com a Cesan, a retomada do Minha Casa, Minha vida além da realização de Meia Maratona.

Gilberto Ochi, presidente da Caixa, esteve no Estado ontem (9) e anunciou diversos projetos em parceria com o governo capixaba na área de saneamento básico em diversos municípios totalizando um investimento de cerca de R$ 1,2 bilhão. Além disso, Ochi se comprometeu a realizar, em 2018, uma meia maratona no Espírito Santo.

Em parceria com a Companhia Espírito Santense de Saneamento (Cesan), serão R$ 500 milhões através de um fundo de investimento, o FI-FGTS, que utiliza recursos do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço), tornando a Caixa sócia da Companhia capixaba. “Estamos em uma operação muito adiantada com a Caixa, em uma linha chamada de Fundo de Investimento FI-FGTS com recursos do FGTS que tem um sentido de capitalizar a Cesan, ou seja, colocar dinheiro na Cesan sem endividá-la, que é uma coisa muito boa, para que ela possa investir mais em água, em coleta e tratamento de esgoto, que é sua missão precípua”, avaliou o governador do Espírito Santo, Paulo Hartung.

Outro projeto irá aportar R$ 150 milhões em Parcerias Público-Privadas (PPP’s) em esgotamento sanitário em Cariacica (R$ 50 milhões) e Serra (R$ 100 milhões).

Mais R$ 112 milhões serão destinados para universalizar os sistemas de distribuição de água e esgotamento sanitário em Nova Venécia, Castelo, Guarapari (Meaípe) e Serra (Manguinhos), além de investimentos para desenvolvimento institucional da Cesan.

Para a macrodrenagem de Vila Velha, Cariacica, Viana e Colatina, a Caixa irá aportar mais R$ 480 milhões. Segundo Hartung, equipes da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedurb) e da Caixa irão se reunir com o ministro das cidades, Bruno Araújo, para liberação deste recurso proveniente do Orçamento da União.

Além dos recursos que já estão para ser disponibilizados para o Estado, Ochi, em reunião com o governador, ofereceu disponibilidade de empréstimos para o Espírito Santo e elogiou a gestão de Hartung. “O Estado tem suas contas perfeitas, capacidade de endividamento. Isso é muito importante nos dias de hoje. Nos colocamos à disposição. Saímos com o dever de casa e preparar uma proposta ao governo do Estado. O governo está em dia com suas obrigações, tem as contas ajustadas, diferentemente até de muitos outros no país inteiro e isso é importante para que se possa planejar mais adequadamente investimentos”, disse o presidente da Caixa.

Para os municípios capixabas, o presidente do banco federal chamou a atenção para oportunidades de parcerias para investimentos. “Nós temos aqui uma série de oportunidades. Oportunidades, inclusive, de apoiar os municípios. Vários municípios estão pleiteando financiamento na Caixa, com capacidade para investir e nosso objetivo é apoiá-los para descobrir oportunidades. Não é apenas o endividamento do ente público, mas descobrir oportunidades como diversas PPP’s que o Estado está fazendo e que municípios também podem fazer em iluminação pública, saneamento, resíduos sólidos, estacionamento público, parques, cemitérios, rodoviárias. Tudo isso já estamos tratando com algumas cidades do Espírito Santo para que nós possamos apoiá-los a identificar a oportunidade, saber o preço dessa oportunidade e, aí sim, instruí-los de como publicar um edital de chamamento empresarial para que possa fazer uma PPP”, explicou Ochi.

No setor de moradia, o presidente da Caixa confirmou a retomada e conclusão da obra de construção de 500 unidades do projeto Minha Casa, Minha Vida em São Mateus que, segundo ele, já foi aprovado pelo banco na última sexta-feira. 

Esporte

O esporte também esteve na pauta do presidente da Caixa, Gilberto Ochi. O executivo garantiu que, em 2018, haverá uma meia maratona no Estado. “Essa é uma garantia que fechamos hoje (ontem) com o governador. Será no próximo ano, porque o projeto precisa ainda ser desenvolvido”, garantiu.

Hartung adiantou que a meia maratona irá ligar Guarapari à Vitória. “A nossa ideia é fazer a Meia Maratona do Sol, na Rodovia do Sol, ligando Guarapari a Vitória”, disse.

FOTO: Comitiva que participou da reunião (foto: Leonardo Duarte/Secom-ES)



    Comentários (0) Enviar Comentário