Jornal Correio do Estado - O Jornal que todo Mundo lê

Notícias - Estado

Capixaba irá definir prioridades do orçamento 2018

19 de Julho de 2017 Autor: Guto Netto/ADI-ES

Capixaba irá definir prioridades do orçamento 2018

Comitiva do governo irá percorrer cinco municípios do Estado para debater como investir cerca de R$ 16 bilhões previstos para 2018 

Uma caravana de secretários, capitaneada pelo vice-governador César Colnago irá iniciar um percurso a cinco municípios capixabas para debater com a população a melhor forma de aplicar recursos do tesouro estadual para o próximo ano. De acordo com a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2018, já sancionada pelo governador Paulo Hartung, o Espírito Santo projeta arrecadar cerca de R$16,17 bilhões.

Na primeira parada, o olhar estará voltado para a região Norte do Estado. Hoje, à partir das 13 horas, no Centro de Convivência Carmelina Gera Alves, o secretário de Estado de Economia e Planejamento, Régis Matos Teixeira, espera iniciar esse ciclo de debates com a sociedade para que os recursos do tesouro sejam aplicados de acordo com os anseios da população. “O governo está empenhado em fazer o melhor possível. Os recursos são poucos, sabemos disso, mas o pouco que temos precisa ser investido bem. Por isso buscamos ouvir a população para que nos ajude a investir da melhor forma possível, a tomar conta do recurso que é do cidadão”, declarou o secretário já projetando uma melhora no cenário econômico.

“Temos uma expectativa positiva no ano que vem de uma recuperação gradual da economia que permite aos capixabas ter uma boa expectativa em relação ao desempenho da nossa economia. E isso nos anima a trabalhar para que possamos continuar construindo um presente melhor e um futuro melhor para o Espírito Santo. Tenho confiança de que nós, capixabas, seremos capazes de aproveitar as oportunidades desse novo momento”, espera Régis. 

Com presença confirmada em todas as audiências presenciais, Colnago quer a população participando deste momento em que a economia dá sinais de melhora. “O momento econômico que vivemos ainda requer muita cautela e responsabilidade na aplicação dos recursos públicos. Passamos por um período de profundo ajuste fiscal e agora estamos retomando alguns investimentos importantes. Com a participação da população vamos poder elencar os projetos prioritários para cada região e investir de acordo com o que for sugerido nas audiências.”

Recentemente sancionada pelo governador, a LDO – uma lei anterior ao orçamento e que estabelece parâmetros para a execução da Lei Orçamentária Anual (LOA) – prevê, para 2018, uma arrecadação 4,7% superior ao previsto para este ano, atingindo cerca de R$ 16,17 bilhões. O chefe da pasta de planejamento explica que este valor pode ser alterado durante a elaboração do orçamento mas que, geralmente, a variação é mínima.

Régis destaca também que este valor será o montante utilizado para folha de pagamento de pessoal, amortização de juros e dívidas, custeio da máquina além de investimentos em obras de construção e reformas e aquisição de equipamentos públicos. “Nas audiências públicas nós vamos debater com a população, em cada uma das regiões do Estado, quais são as prioridades de cada uma. Os valores serão determinados pela LOA, mas as três maiores parcelas ficarão com saúde, educação e segurança pública”, adiantou. 

Audiências

As Audiências Públicas de Orçamento acontecerão de forma presencial entre os dias 20 e 28 de julho, de Norte a Sul do Estado, em cinco cidades-sede. Os encontrospresenciais acontecerão, a partir das 13 horas, em Boa Esperança (20), São Gabriel da Palha (21), Ibatiba (26) e Santa Teresa (27). Já em Guarapari (28), a audiência será iniciada às 14 horas.

 

Quem não puder comparecer às Audiências presenciais pode participar da elaboração do orçamento do Estado para 2018 de forma digital, por meio do site www.orcamento.es.gov.br. O site estará aberto à participaçãopopular até o dia 2 de agosto, podendo ser acessado facilmente, de várias plataformas: computadores, smartphones e tablets. Somente nas primeiras 24 horas de funcionamento do site, o governo já havia registrado 105 propostas e 241 desafios, apresentados por 55 participantes oriundos de 16 diferentes municípios.

Reuniões presenciais

Cidade: Boa Esperança

Data: 20/07/2017

Local: Centro de Convivência Carmelina Gera Alves

Endereço: Rua Professora Iusa Gava Valani, s/n, Bairro Nova Cidade

Horário: 13 horas 

Cidade: São Gabriel da Palha

Data: 21/07/2017

Local: Centro de Eventos Palácio Café Conilon

Endereço: Praça Aurélio Bastianello, Centro

Horário: 13 horas

 Cidade: Ibatiba

Data: 26/07/2017

Local: Câmara Municipal

Endereço: Rua Luiz Crispim, nº 29, Centro

Horário: 13 horas

Cidade: Santa Teresa

Data: 27/07/2017

Local: Centro de Referência de Assistência Social (Cras)

Endereço: Rua Virgílio Germano Bassetti, nº 18, Bairro Dois Pinheiros

Horário: 13 horas

Cidade: Guarapari

Data: 28/07/2017

Local: Escola Ana Rocha Lyra  

Endereço: Rua Lucio Maia, s/n, Bairro Muquiçaba

 

Horário: 14 horas 



    Comentários (0) Enviar Comentário