Jornal Correio do Estado - O Jornal que todo Mundo lê

Notícias - Economia

Redes sociais são as novas vitrines de comerciantes e empreendedores capixabas

29 de Junho de 2017 Autor: Caroline Pereira

Redes sociais são as novas vitrines de comerciantes e empreendedores capixabas

Quando o assunto é redes sociais, os brasileiros sempre aparecem em pesquisas como os que mais passam tempo no Facebook, Instagram, Twitter, entre outras. De acordo com a pesquisa "Futuro Digital em Foco Brasil", o brasileiro gasta 650 horas por mês visualizando, curtindo, compartilhando e postando mensagens nesses espaços virtuais.

Atentos a esse movimento, diversos comerciantes e empreendedores decidiram explorar o potencial das redes sociais para expor e vender seus produtos. É o caso da empresa linharense Light Food, especializada na produção de comida saudável. Um dos sócios, Eduardo Fachetti, conta que o negócio foi estruturado há pouco mais de quatro meses e já possui 3.649 seguidores só no Instagram (até a data desta reportagem).

Fachetti afirma que faz, em média, duas postagens diárias nas redes sociais (incluindo o Facebook) e recebe pedidos de clientes por telefone e aplicativos de mensagens, como o WhatsApp. Os dados de contato são divulgados nos perfis das redes sociais da empresa.

Com relação aos investimentos necessários para essas ações, ele diz que, ocasionalmente, contrata os serviços de um fotógrafo para a produção de imagens que requerem mais técnica – como as que são publicadas no site da empresa. Fachetti também faz pequenas ações de publicidade paga no Facebook para promover as postagens entre o público alvo e atrair novos seguidores (saiba como esse serviço funciona no Box). 

Vitrine virtual

Mesmo já consolidada no mercado linharense, a loja Vivace também se adequou às novas tendências do mercado e mantêm perfis nas redes sociais (Facebook e Instagram). A proprietária, Viviane Pianna, considera que essa estratégia de divulgação dos produtos requer um investimento relativamente baixo e que gera bons resultados. “Atingimos muitas pessoas de uma maneira fácil e prática”, comenta.

Para realizar a gestão das redes sociais da loja, Viviane conta com a ajuda de um profissional externo, responsável pelas postagens e produção das imagens, e também com o suporte de dois vendedores, que tiram fotos dos produtos expostos e dos últimos lançamentos.

Além das redes sociais, a Vivace também realiza um trabalho de divulgação dos produtos e de atendimento ao cliente via WhatsApp. Embora a proprietária não tenha mensurado o retorno desses investimentos para o negócio, ela afirma que as redes sociais ajudaram a impulsionar os resultados de forma bastante considerável.

Dicas para investir nas redes sociais

O comerciante ou empreendedor que deseja explorar o potencial dessas ferramentas para alavancar seus negócios deve, além de criar perfis nas redes sociais, manter uma frequência de postagens e realizar publicações que tenham relação com o negócio. “Não basta apenas estar lá. É preciso que a presença da empresa nas redes sociais seja profissional, planejada de acordo com os objetivos estratégicos do negócio e coordenada por pessoas dedicadas ao trabalho de manutenção. O contrário disso pode atrapalhar o seu negócio”, orienta Jarbas Bolsoni, Coordenador do Sebrae de Linhares.

Ele diz ainda que, dependendo da rede social, algumas estratégias específicas podem maximizar os resultados desejados pelo comerciante.  Para exemplificar, Bolsoni cita o Facebook que, além de ser um canal de relacionamentos, também permite que o empreendedor faça investimentos em publicidade paga, que promovem a página do negócio e as postagens para públicos específicos.

O coordenador do Sebrae recomenda ainda que os comerciantes acompanhem as tendências de mercado e o gosto do seu público, para então planejar suas ações de vendas e também de marketing via redes sociais. “Seja no comércio, indústria ou serviços, antecipar o ciclo de vendas e se diferenciar é fundamental para que sua ação tenha sucesso”, aconselha. 

Entenda como são feitos anúncios pagos no Facebook (Facebook Ads)

O Facebook Ads é o sistema de mídia paga do Facebook que oferece uma grande variedade de formatos de anúncios. É considerado eficaz graças às diversas opções de segmentação disponíveis para os anunciantes, o que gera maior número de conversões (visualizações, cliques, etc).

O Facebook Ads oferece uma grande variedade de formatos para campanhas de publicidade, não se limitando apenas aos textos. Além disso, o poder de segmentação do Facebook Ads é grande e o empreendedor pode detalhar para a ferramenta o perfil do público que deseja alcançar.



    Comentários (0) Enviar Comentário