Jornal Correio do Estado - O Jornal que todo Mundo lê

Notícias - Cidades

Linhares adere ao Pacto pela Aprendizagem no Espírito Santo (Paes)

14 de Setembro de 2017 Autor:

Linhares adere ao Pacto pela Aprendizagem no Espírito Santo (Paes)

O município de Linhares realizou ontem (14) uma solenidade de assinatura do termo de adesão ao Pacto Pela Aprendizagem no Espírito Santo (Paes). O objetivo é promover melhoria dos indicadores educacionais dos estudantes da educação básica, envolvendo domínio de competências como leitura, escrita e cálculo adequado à idade e ao nível de escolarização. O auditório da Universidade Aberta do Brasil (UAB) estava lotado de diretores, professores e pedagogos das redes municipal, estadual e particular de ensino.

O prefeito de Linhares, Guerino Zanon, acredita que o Pacto será importante para o fortalecimento da educação. "Eu não tenho dúvidas de que o Paes surge com mais uma ferramenta para nos auxiliar na construção de uma Linhares que pensa lá na frente, pensa no futuro. e a construção desta cidade mais educadora só será possível  com a união de todos  pela educação", destacou o prefeito.

Para Guerino, Linhares sai na frente na consolidação do Pacto, uma vez que muitas escolas e muitos professores do município têm realizado um trabalho bem-sucedido na alfabetização das crianças fora e dentro da sala de aula. "É isso que estamos fazendo aqui: dando as mãos com o governo estadual para honrar esse compromisso com tantos pais de família do nosso município que creditam na educação dos seus filhos um futuro de oportunidades", pontuou.

O Secretário de Estado da Educação, Haroldo Rocha, falou sobre os desafios do Paes. "Nós, educadores, cuidamos das futuras gerações. Por isso, vamos agir com as forças e os recursos que temos. Nenhuma criança ou jovem pode ficar sem aprender. É necessário que seja feita uma boa definição curricular, que os materiais didáticos sejam adequados e a capacitação de professores mais constantes. O maior desafio do nosso país é a educação e precisamos unir esforços para melhorar os índices e o aprendizado dos alunos", afirmou.

A secretária municipal de Educação, Maria Olímpia Dalvi Rampinelli, enfatizou que Linhares hoje está na vanguarda nacional e é pioneira no Estado por ter há seis meses um currículo socioemocional implantado e com registros de resultados para crianças entre 4 e 8 anos de idade, que de acordo com ela, é a fase em que a curva do aprendizado pode ser alavancada se os estímulos forem adequados. "Além disso, ao nos anteciparmos em unir os anos finais da educação Infantil aos anos iniciais do Ensino Fundamental rompendo com essa divisão severa que se dá entre uma etapa e outra, também ganhamos o status de vanguarda em âmbito nacional", frisou.

Além de acompanharem uma série de apresentações musicais e artísticas, o prefeito de Linhares Guerino Zanon e o secretário estadual de Educação, Haroldo Rocha, foram presenteados com telas sobre os 100 Anos do Cacau de estudantes da Escola Municipal de Ensino Fundamental Elza Roni Scarpati, no bairro Lagoa do Meio. A solenidade contou também com a presença do coordenador estadual do Paes, Eduardo Malini, da  Superintendente de Educação Regional em Linhares, Maria da Penha Valani; de outras autoridades do estado e do município e de educadores. 

Pacto pela Aprendizagem no ES

Com adesão dos municípios ao Pacto pela Aprendizagem no Espírito Santo (Paes), envolvendo a união de esforços entre o Governo do Estado, as prefeituras, a sociedade civil e a iniciativa privada, ações serão desenvolvidas focadas nas salas de aula, que resultem em avanços significativos de aprendizagem dos estudantes do ensino fundamental.

As principais metas do Pacto são que 100% dos municípios façam a adesão até o final de 2018 e que as metas do Plano Estadual de Educação também sejam alcançadas.

 

O Pacto está estruturado em três áreas de atuação: Apoio à Gestão - que envolve a instituição formal do Pacto e a estrutura necessária para o seu funcionamento; o Fortalecimento da Aprendizagem - que se relaciona à padronização de currículo e material didático no ensino fundamental, formação de professores e gestores escolares, monitoramento/avaliação da aprendizagem, estímulo e valorização da produção literária local e leitura dos estudantes e incentivos à melhoria de resultados nas redes de ensino; e também a Infraestrutura e Suporte - que propõe estratégias para suprir demanda por educação infantil e organização das redes visando à otimização de recursos e potencialização de resultados.

FOTO: DIVULGAÇÃO



    Comentários (0) Enviar Comentário