Jornal Correio do Estado - O Jornal que todo Mundo lê

Notícias - Cidades

Prefeitura de Sooretama firma parceria com empresas e garante o primeiro emprego de 30 jovens

06 de Julho de 2017 Autor: Redação CE

Prefeitura de Sooretama firma parceria com empresas e garante o primeiro emprego de 30 jovens

Estudantes foram contratados como menores aprendizes por duas empresas da região

A Prefeitura de Sooretama, por meio da Secretaria Municipal de Trabalho, Assistência Social e Cidadania, criou um projeto que tem o objetivo de encaminhar jovens de baixa renda ao mercado de trabalho. E na última quarta-feira (05), o secretário da pasta, Gustavo Castro Neves, o Prefeito Alessandro Broedel e os gerentes das empresas Caliman Agrícola e Marin Papaya, especializadas na produção e comercialização de mamão, saudaram os rapazes e moças que conquistaram as 30 primeiras vagas ofertadas nessa iniciativa. Eles foram contratados como menores aprendizes nas companhias citadas e garantiram o primeiro trabalho formal de suas vidas. 

Durante um café da manhã, os adolescentes ouviram as instruções dos gerentes e também da equipe técnica do projeto sobre como eles devem proceder durante o expediente. Na ocasião, também foram parabenizados pela conquista e receberam a carteira de trabalho.

O secretário de Assistência Social informou que todos esses jovens, mesmo empregados, vão continuar contando com o acompanhamento dos psicólogos e assistentes sociais que trabalham no projeto.

Processo de seleção

Para chegar a essa lista de 30 menores e ainda criar um cadastro reserva para futuras oportunidades, a secretaria abriu o processo seletivo para a participação de jovens carentes, especialmente aqueles vindos de famílias acompanhadas pelo Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do município. Todos eles passaram por testes, aplicados pela equipe técnica, que seguiam as exigências e os perfis estabelecidos pelas empresas.

Já as parcerias com as empresas são frutos de visitas feitas pelo secretário, que apresentou a ideia aos diretores e recebeu um retorno positivo. Por se tratar de um projeto em expansão, Neves pretende buscar novas parcerias e coloca-se a disposição dos empresários que desejam contratar menores aprendizes para seus quadros de colaboradores.

Expectativa

O secretário acredita que essa iniciativa vai impactar as vidas e as carreiras dos adolescentes: “Espero que esse projeto dê o pontapé inicial da trajetória deles no mercado de trabalho. Tenho certeza que muitos serão admitidos pelas empresas e se tornarão funcionários efetivos”, afirmou.

Ele também crê que o projeto vai gerar bons frutos em outras áreas do município, ajudando, por exemplo, a diminuir a evasão escolar – já que um dos pré-requisitos é estar matriculado numa escola e frequentar as aulas – e reduzir o número de jovens envolvidos com a criminalidade.



    Comentários (0) Enviar Comentário