Jornal Correio do Estado - O Jornal que todo Mundo lê

Notícias - Cidades

Orçamento Participativo: Fundão ouve moradores para definir projetos dos próximos quatro anos

17 de Agosto de 2017 Autor:

Orçamento Participativo: Fundão ouve moradores para definir projetos dos próximos quatro anos

Mais investimentos para Fundão. Essa é a proposta do orçamento participativo que será realizado pela Prefeitura em audiências públicas nos dias 21, 23 e 24 de agosto na sede, Timbuí e Praia Grande, respectivamente. Após colocar as contas em dia e revisar contratos, o município irá ouvir os moradores, que definirão os projetos estruturantes para os próximos quatro anos no município.

Dividido em três regiões, o orçamento participativo vai ter início na sede, dia 21, às 18h30, na escola "Ernesto Nascimento", e vai ouvir os moradores de 13 bairros e da área rural do entorno. São eles: Campestre I e II, Morro do Orly, Beira Linha, Centro, São José, Cisquini, Santa Marta, Beira Rio, Oseias, Major Bley, Agrin Corrêa e Coronel Hermínio.

No dia 23, a audiência será realizada em Timbuí, às 18h30, na EMEF "Enéas Ferreira", e vai ouvir os moradores do distrito, além da área rural do entorno. Já em Praia Grande, a reunião será no dia 24, às 18h30, na Asseminas, para moradores de todo o balneário.

Para cada região serão eleitos delegados, que representarão seus bairros e suas obras prioritárias, e acompanharão todo o processo desde o projeto inicial até sua execução. Depois das reuniões, as obras eleitas pelas comunidades farão parte do projeto de lei do Plano Plurianual (PPA), que será encaminhado à Câmara Municipal até o próximo dia 31 de agosto.

De acordo com o prefeito interino de Fundão, Eleazar Ferreira, só é possível fazer uma gestão eficiente, responsável e participativa com as obrigações em dia. "É graças ao trabalho realizado por toda equipe da prefeitura que estamos conseguindo ir diretamente à população ouvir suas necessidades e montar um orçamento realista, de acordo com as prioridades de cada bairro." 

Contas em dia

Desde janeiro, a Prefeitura vem trabalhando para organizar as contas do município e, desta forma, fornecedores e servidores estão com pagamentos em dia. Além disso, diversos contratos foram revisados e gerarão uma economia de quase R$ 2 milhões até dezembro.

Para o secretário de Finanças do município, Cássio Dias Lopes, essas audiências com a população dão mais voz aos moradores que conhecem de perto a realidade de cada bairro. "Ouvir a comunidade é essencial para o sucesso do orçamento para os próximos quatro anos. São obras importantes, pois vão ao encontro das necessidades de cada região." 

Participação pelo site

Os moradores de Fundão também poderão colaborar com o orçamento participativo por meio do site da Prefeitura, no endereço www.fundao.es.gov.br ou diretamente no link http://bit.ly/OrçamentoParticipativoFundao. É só preencher o formulário com as informações solicitadas e dar sua sugestão.

É possível dar sua contribuição também no site da Prefeitura. Acesse http://bit.ly/2OrcamentoFundao e participe! 

 

FOTO – REPRODUÇÃO



    Comentários (0) Enviar Comentário