Jornal Correio do Estado - O Jornal que todo Mundo lê

Notícias - Cidades

GM vai atuar junto ao Consel em urnas interativas para denunciar crimes em Linhares

21 de Junho de 2017 Autor:

GM vai atuar junto ao Consel em urnas interativas para denunciar crimes em Linhares

No total, cinquenta urnas interativas estão à disposição da população e os agentes serão os responsáveis pelo recolhimento das denúncias 

A Guarda Municipal de Linhares é parceira do projeto do Conselho Interativo de Segurança Pública de Linhares (Consel), na instalação das urnas para o recebimento de denúncias relacionadas à criminalidade nos bairros e interior da cidade. Os GMs serão os responsáveis pelo recolhimento, semanalmente, das denúncias depositadas nas caixas, e que posteriormente serão entregues as polícias Militar e Civil pelo Consel, que fará uma triagem do material. A intenção com esta ação é diminuir os índices de violência no Município.

O prefeito de Linhares, Guerino Zanon, destaca que o retorno das urnas interativas integra um projeto implantado ainda em 1998 quando Linhares se tornou referência no Brasil no combate a violência. "Em 1998, na nossa primeira gestão, Linhares foi referência nacional com a instalação das urnas interativas. É uma ferramenta que você utiliza de forma anônima para denunciar crimes em nosso Município e sugerir melhorias para a vida dos cidadãos da nossa cidade. Mais uma vez, juntos com as polícias Civil e Militar, e a nossa Guarda Municipal, vamos contribuir com a segurança de Linhares", disse o prefeito.

 

No total, 50 caixas interativas estão à disposição dos cidadãos que podem denunciar e sugerir melhorias nos serviços aos órgãos que cuidam da segurança em Linhares, sempre de forma anônima. As primeiras urnas foram instaladas no distrito de Bebedouro, no centro da cidade, como na Rodoviária, além de supermercados e unidades de saúde da sede. "A Secretaria Municipal de Cidadania e Segurança Pública trabalha em favor da população e tem o intuito de proteger, prevenindo e controlando manifestações da criminalidade e da violência", destaca o secretário de Segurança Pública, Coronel Jones da Silva de Freitas Mattos.



    Comentários (0) Enviar Comentário