Jornal Correio do Estado - O Jornal que todo Mundo lê

Notícias - Cidades

Aracruz: Equilíbrio entre desenvolvimento econômico e meio ambiente

09 de Junho de 2017 Autor:

Aracruz: Equilíbrio entre desenvolvimento econômico e meio ambiente

A natureza de Aracruz é uma das mais diversas de todo o Espírito Santo, com praias de águas calmas e mornas até as mais agitadas; manguezais de pedras e outros costeiros aos rios, áreas de preservação em alto mar e parques naturais de Mata Atlântica, que se tornam moradia das mais variadas espécies de animais mamíferos, peixes, anfíbios, pássaros e insetos.

 

Mas com tamanha biodiversidade, a responsabilidade de preservar a natureza se torna maior, principalmente ao órgão municipal que possui a intenção de organizar e proteger o meio ambiente. Para isso, a Secretaria de Meio Ambiente da Prefeitura de Aracruz trabalha seguindo princípios de sustentabilidade, com a missão de equilibrar a riqueza em recursos naturais da região, com o desenvolvimento econômico.

 

“A ideia é compensar o processo de licenciamento e fiscalização garantindo a atração de investimentos e utilização de recursos naturais, dentro de critérios que conservem a natureza. Buscamos o desenvolvimento sustentável de Aracruz, por isso, vamos trazer empresas, mas vamos também cuidar para que no processo de licenciamento seja garantida a geração de emprego, renda e preservação de recursos naturais”, explica o Secretário da Semam, Wagner José Elias Carmo.

 

Segundo o prefeito, Jones Cavaglieri, é importante destacar que o crescimento econômico desejado para Aracruz está associado à responsabilidade social e ambiental, pois a sustentabilidade passa pela qualidade de vida e o bem-estar da população. “Portanto é fundamental incluir as comunidades como participantes ativas nesse processo de desenvolvimento. O governo está empenhado em conduzir o processo de desenvolvimento econômico de forma ordenada e sustentável. Estamos implantando o planejamento como ferramenta de gestão. Vamos investir em serviços e obras e dotar o município de condições adequadas para promover o crescimento e melhorar a qualidade de vida”.

 

Mais fiscalização e educação ambiental

 

Para este ano a Secretaria de Meio Ambiente pretende intensificar os trabalhos que envolvem fiscalização, educação ambiental e recursos naturais. Nos próximos meses, a Semam prevê a reabertura do Parque Natural Municipal do Aricanga e a retomada do projeto de reflorestamento realizado pela Petrobras, além da criação do conselho que irá ajudar a monitorar a utilização da bacia do Piraquê-açu.

 

Para tornar a fiscalização ainda mais eficaz, novos fiscais ambientais foram contratados recentemente. A nova equipe será distribuída em quatro grupos, que ficarão responsáveis por monitorar atividades empresariais potencialmente poluidoras e degradadoras, áreas ambientais legalmente protegidas e também poluição sonora.

 

Na área de educação ambiental, a Semam trabalha com formações de lideranças sobre licenciamento ambiental, e aposta no projeto “Escola no Manguezal” e na implementação da “Escola de Cidadania e Meio Ambiente”, ainda este ano.

 

Teatro, ações educativas, doação de mudas e plantio de árvores para comemorar a Semana do Meio Ambiente em Aracruz

 

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semam) preparou uma programação especial para comemorar a Semana do Meio Ambiente, que aconteceu entre os dias 2 e 6 de junho. O roteiro contou com várias atividades, como teatro, distribuição de mudas, ações educativas, caminhadas, plantios de árvores, além de músicas e brincadeiras nas escolas para conscientizar crianças sobre a importância de cuidar da natureza.

 

Na Escola Municipal Honório Nunes de Jesus, as crianças se envolveram numa brincadeira com animais da Mata Atlântica, que abordou de forma lúdica assuntos como coleta seletiva e reciclagem.

 

Já no centro da cidade, cerca de 70 alunos da Faacz e técnicos da Secretaria de Meio Ambiente (Semam) participaram de uma ação educativa no centro de Aracruz. O grupo percorreu por ruas e praças, distribuindo mudas de árvores nativas e panfletos com orientações sobre coleta seletiva de resíduos e hábitos sustentáveis.

 

No Parque Natural Municipal do Aricanga, cerca de cinquenta representantes de Associações Comunitárias de Barra do Sahy, Vila do Riacho e Barra do Riacho participaram de uma Formação Ambiental. A programação contou com palestras sobre licenciamento ambiental e controle social, além de rodas de conversas entre Semam, Iema e representantes de empreendimentos instalados no município.

 

Na última segunda-feira, 5 de junho - data que é lembrada como Dia Mundial do Meio Ambiente, a Gerência de Educação Ambiental e de Recursos Naturais da Semam, realizou uma ação coletiva de plantio de árvores. Crianças da EMEF Samoel Costa e Casa do Estudante ajudaram a plantar 21 espécies de árvores frutíferas e nativas, entre elas o ipê-roxo, ipê-amarelo, Pau-brasil, Palmeira Triângulo e a Quaresmeira.

 

 

Para finalizar a programação da Semana do Meio Ambiente, a equipe de Educação Ambiental da Semam realizou, na última terça-feira, 06 de junho, uma ação de conscientização sobre coleta seletiva e descarte de lixo, em todos os departamentos da Prefeitura de Aracruz. A caravana percorreu salas e secretarias distribuindo panfletos que orientam o servidor a respeito da coleta seletiva, além de dicas de preservação, que poderão ser adotadas no cotidiano dos funcionários.



    Comentários (0) Enviar Comentário