Jornal Correio do Estado - O Jornal que todo Mundo lê

Matérias

Duplicação é obrigação!

31 de Julho de 2017

Duplicação é obrigação!

Tenho acompanhado com bastante indignação a questão da rodovia BR-101 no estado do Espírito Santo. Recentemente foi anunciado que a concessionária responsável pela rodovia não irá mais realizar a duplicação da mesma. Esta decisão unilateral é no mínimo estranha e acredito que os capixabas não devam aceitá-la.

Importante ressaltar que não sou contra a privatização das estradas, pelo contrário, sou favorável e acho que pode ser um caminho viável e eficaz de modernizar as rodovias, melhorando assim a segurança dos motoristas. Isto tudo desde que os contratos sejam rigorosamente cumpridos. No caso da BR-101, me parece que estão querendo mudar o que foi originalmente contratado.

Nos Estados Unidos, temos muitas rodovias pedagiadas, alguns estados mais e outros menos. O estado de Connecticut, onde moro, por exemplo, não tem pedágios nas rodovias. O estado possui um IPVA mais caro em relação a outros estados e com isso não tem pedágios para andar dentro do estado. Isto tudo discutido com a população que ajudou a definir a escolha do modelo.

Outros estados possuem pedágios, porém o IPVA costuma ser bem barato nestes casos. Ou seja, a população opta sobre qual o modelo é mais viável, um IPVA mais alto, onde o Estado fica responsável pela manutenção e melhoria das estradas ou pedágios nas rodovias, porém o IPVA fica mais barato.

O que contrasta é que temos uma situação singular no Brasil. Temos um IPVA muito alto e muitas rodovias com pedágios também. E pasmem, rodovias sem duplicação de pistas. Outro verdadeiro absurdo. As rodovias pedagiadas aqui nos Estados Unidos tem 4 ou 5 faixas em cada mão. Realmente o Brasil está muitos anos atrás ainda em infraestrutura.

É preciso melhorar a infraestrutura do país, mas também é imperativo que os contratos sejam cumpridos. A sociedade não aguenta mais pagar o pato. Não podemos aceitar esta decisão. Duplicação é uma obrigação!

Pense nisto!E como sempre digo: Vamos em Frente! 

Abel Fiorot

FOTO – REPRODUÇÃO